quarta-feira, 2 de setembro de 2015

lições BETEL adultos o milagre da liberdade 6/8/2015 n.10




        ESCOLA DOMINICAL - Conteúdo da Lição 10
                            Revista da Editora Betel
                                          

                                               


                   O Milagre da Liberdade de Pedro

                             06 de setembro de 2015

Texto Áureo.
“E Pedro, tornando a si, disse: Agora sei verdadeiramente que o Senhor enviou o seu anjo, e me livrou da mão de Herodes, e de tudo o que o povo dos judeus esperava”. Atos 12.11.

Verdade aplicada.
A oração é a chave que nos dá acesso aos compartimentos mais secretos do projeto divino. Ela pode nos revelar o como, o quando e a maneira menos cansativa para a vitória.

Textos de Referência.
Atos 12.1-5
1 E por aquele mesmo tempo o rei Herodes estendeu as mãos sobre alguns da igreja, para os maltratar;
2 E matou à espada Tiago, irmão de João.
3 E, vendo que isso agradara aos judeus, continuou, mandando prender também a Pedro. E eram os dias dos ázimos.
4 E, havendo-o prendido, o encerrou na prisão, entregando-o a quatro quaternos de soldados, para que o guardassem, querendo apresentá-lo ao povo depois da páscoa.
5 Pedro, pois, era guardado na prisão; mas a igreja fazia contínua oração por ele a Deus.

Introdução
Era um tempo de perseguição a todos aqueles que professassem o nome de Jesus. No entanto, a Igreja tinha uma arma poderosa: a oração. Através dela, Pedro foi salvo da prisão de forma sobrenatural e miraculosa.

1. A perseguição e a prisão de Pedro.
A perseguição tinha como finalidade pôr fim ao cristianismo. Para agradar aos romanos e alcançar o favor dos líderes judeus, o rei Herodes usou a estratégia de acabar com os líderes, acreditando que a morte dos pastores dissiparia o rebanho (At 12.1-3).

1.1. Herodes, o perseguidor.
O rei Herodes Agripa I reinou na Palestina por ordem do imperador Claudio, devido a serviços prestados aos romanos. Esse homem perverso era neto de Herodes, o Grande, que havia mandado matar as crianças de Belém, e sobrinho de Herodes Antipas, que havia ordenado a decapitação de João Batista (Mt 2.13-8; Mc 6.14-29). Herodes pertencia a uma família dada a intrigas e assassinatos, desprezada pelos judeus que não aceitavam a ideia de serem governados por edomitas. Como era um político habilidoso, logo descobriu a maneira fácil e barata de obter popularidade nacional: exterminar os líderes cristãos. Ele fora informado que os cristãos eram considerados uma seita fanática, apóstata, perigosa e sem possibilidade de ser recuperada para o judaísmo. E para demonstrar zelo pela religião judaica, mandou executar Tiago e encarcerou a Pedro, para mata-lo em seguida.

1.2. Dormindo na prisão.
Pedro tinha noção do risco que corria. Ele sabia que Tiago já havia sido morto e era o próximo. Mesmo assim, antes de dormir, tirou as sandálias, a capa e se preparou para uma boa noite de sono. Será que conseguiríamos dormir diante da possibilidade de sermos executados no dia seguinte? O fato é que Pedro dormiu e o sono foi tão tranquilo que o anjo teve que despertá-lo (At 12.6.7; Sl 4.8). Mesmo na prisão, Pedro entregou toda a situação ao Senhor e Deus lhe deu paz e descanso. Talvez, sua paz se originasse de saber que a Igreja fazia contínua oração a Deus por sua vida. Assim, mesmo não sabendo como ou quando Deus o livraria, sabia que o livramento estava a caminho (At 12.5).

1.3. A morte de Tiago e a prisão de Pedro.
Pedro e Tiago eram homens dedicados e ao mesmo tempo importantíssimos para a Igreja. Mas, em Sua vontade soberana, o Senhor resolveu recolher Tiago e prosseguir com Pedro. Estava se cumprindo o que pediram a Deus em oração após a segunda perseguição (At 4.29, 30). Herodes estendeu sua mão para destruir a Igreja e Deus estava estendendo Sua mão para realizar sinais e prodígios, a fim de glorificar Seu Filho. Deus permitiu que Herodes matasse Tiago, mas o impediu de fazer mal a Pedro, mostrando que era o trono celeste que estava no controle e não o governante da Terra.

2. A oração que produz o sobrenatural.
Certamente, a situação de Pedro parecia sem esperança no âmbito natural. Ele estava acorrentado entre dois soldados do lado de dentro e do lado de fora havia dezesseis soldados que guardavam a prisão. Herodes fechou todas as possibilidades humanas, só não contava com a divina, que foi movida pela contínua oração da Igreja (At 12.5).

2.1. A oração e sua eficácia.
O exercício que Jesus mais praticou quando estava entre os homens foi a oração. Ela é a comunicação direta com o Pai, tanto no sentido de comunhão, quanto das instrução, revelação, direcionamento, governo e intervenções poderosas de Deus (Mt 21.22; Fp 4.6; 1Jo 1.15; Jo 14.3). Jesus tinha por hábito orar à tarde, à noite e sempre pela manhã atuava com grande poder. Ele ensinou que a oração pode tudo (Mt 11.24). A igreja do primeiro século era alicerçada na oração e, conhecendo a maldade de Herodes, buscou em Deus um milagre (At 2.42). O pregador puritano Thomas Watson disse certa vez “Não devemos jamais subestimar o poder de uma igreja que ora!” O anjo chamou Pedro na prisão, mas foi a oração que foi buscar o anjo.

2.2. Uma luz vinda dos céus.
Deus enviou o livramento, mas o que provocou tal visitação? A intercessão da Igreja (At 12.5). Mesmo com toda a precaução tomada por Herodes, Deus prova que está no comando e, quando é acionado, envia sempre em defesa dos Seus o melhor que possui (At 12.7ª). O cárcere representa o poder das trevas, que amarra a vida humana tornando-a impotente. O poder de Deus é a luz que penetra nas trevas e liberta os encarcerados (Sl 146.7, 8; Is 61.1; Lc 4.18, 19).

2.3. O toque da liberdade.
Uma noite antes da sentença e da execução, Perro é visitado milagrosamente por um anjo (At 12.7). Antes de despertá-lo, o anjo toca Pedro na ilharga e ele foi liberto das cadeias. Logo em seguida, foi posto de pé para sair daquele cárcere. O milagre foi tão espetacular que Pedro se tornou invisível aos olhos de toda a guarnição. Tanto a de dentro quanto a de fora (At 12.9, 10). Pedro foi despertado, liberto e posto de pé. Como Pedro, muitos dormem algemados e precisam de um toque que desperte e liberte suas vidas.

3. Portas que se abrem.
“Pedro, pois, era guardado na prisão; mas a igreja fazia contínua oração por ele a Deus” (At 12.5). Esse pequeno e simples advérbio “mas” muda tudo. Significa que, se estamos em ação, Deus muda o quadro. Enquanto o inimigo se preparava para o golpe final, o Senhor se revelou e mudou a situação.

3.1. Vem e segue-me.
Para muitos. Pedro estava Preso; para Deus, ele estava guardado (At 12.5). O anjo fez tudo de modo a revelar que Deus domina as circunstâncias. Mandou Pedro se revestir, sem esquecer nenhuma peça de roupa necessária para atravessar a cidade e à noite. Os soldados não eram problema, tudo estava sob controle. Os planos e propósitos de Deus são tão firmes e seguros que não há correria! Nada de preocupação para a vida espiritual de quem está dentro de Seus planos. Pedro passou por três portões e o terceiro era de ferro (At 12.10). Não são poucas as portas de ferro postas pelo inimigo para nos impedir a libertação. Mas quando o Senhor está à nossa frente, elas se abrem naturalmente.

3.2. Pedro está às portas.
Deus faz o impossível, nos abre as primeiras portas (At 12.13-16). Mas algumas, nós mesmos temos que abrir. E por que faz isso? Ele sabe que mesmo com as nossas mais fervorosas orações ainda podemos ter um cantinho de incredulidade no coração. Parece incrível que aquele povo que orava pela libertação de Pedro não cresse que estava às portas.

3.3. Tudo é possível ao que crê.
É interessante como podemos não estar preparados para receber o que pedimos a Deus em oração (Mt 21.22). Aqueles fiéis irmãos não estavam abertos ao que Deus poderia fazer (At 12.12-16). Quando finalmente abriram a porta, aqueles santos que oravam ficaram espantados e se maravilharam diante da gloriosa libertação de Pedro, que não teria ocorrido a menos que eles agissem baseados no que acreditavam acontecer. Em cada uma de nossas comunidades, asa pessoas estão batendo à porta. Elas esperam encontrar uma Igreja convicta de que Deus deseja libertar as pessoas do cárcere de suas almas. Elas buscam esperança para o desespero, esperam encontrar em nós um refúgio para suas angústias.

Conclusão

Pedro não era apenas o refém de uma potestade governamental. Ele foi preso por uma força espiritual que manipulava um homem poderoso para fins demoníacos. Mas a Igreja fez o seu papel e Deus respondeu de forma sobrenatural. A oração pode todas as coisas (Mc 9.23).

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

ENVIEM SUAS MENSSAGENS SUBSIDIOS PARA A ESCOLA DOMINICAL




BRASIL AMÉRICA DO SUL I.B.P.A.N
 CITAR NA FONTE QUANDO FOR UTILIZAR OS
ARTIGOS DESTE SATE,SEJA QUAL TIPO DE
TRABALHO LITERARIO OU SATE OU BLOG
CITAR FIELMENTE O ENDEREÇO DESTE SATE,NA
BIBLIOGRAFIA TAMBÉM.   ASSEMBLEIA DE DEUS BRASIL-   BRASIL - AMERICA DO SUL. 

  SATE COM MAIS DE 2.000 ARTIGOS ESTUDOS

SATE DA I.B.P.A.M   OU AVIVAMENTO NO SUL 

 LINK PARA O SATE MAIS DE 2.000 ARTIGOS


SATE COM MAIS DE 2.000 ARTIGOS ESTUDOS     
                   WWW.AVIVAMENTONOSUL21.COMUNIDADES.NET                              
ARTIGOS PARA AJUDAR NAS AULAS

          (biografia) Mauricio Berwald pregador escritor compositor
·        poesia cristã gospel
·        os livros apócrifos
·        missões e evangelismo
·        doutrina biblica
·        escola biblica dominical
·        o pentecoste continua
·        precisamos de avivamento
·        heresia quebra de maldição
·        falsos profetas
·        existem disco voadores?
·        o batismo no ESPIRITO SANTO
·        pentecostes festa n.1
·        avivamento no livro de atos
·        geografia biblica
·        doutrina da trindade
·        voce precisa ler
·        o canon do novo testamento
·        missões de Paulo em Efeso
·        leia mais a biblia
·        perigo da apostasia
·        culto domestico
·        fotos gospel
·        temperança
·        teologia sistematica
·        bibliologia biblica
·        as traduções da biblia
·        liderança cristã n.1
·        eclesiologia
·        Hebreus estudo e comentario
·        Romanos estudo e comentario
·        arqueologia biblica
·        cronologia biblica
·        cronologia da vida de Paulo
·        historia da escola dominical
·        o dom de profecia
·        doutrina da trindade
·        historia da escola dominical
·        versões da biblia
·        MAURICIO BERWALD TESTEMUNHO
·        seitas e heresias cuidado
·        Etica cristã
·        Etica cristã parte n.2
·        santificacão
·        A hipocrisia
·        A inversão de valores
·        teologia conservadora
·        comentario devocional
·        o canon do antigo testamento
·        liderança cristã P.1
·        liderança cristã P.2
·        liderança cristã P.3
·        familia cristã N.1
·        familia cristã P.2
·        arrebatamento da igreja P.1
·        profetas menores (ESTUDO)
·        diversos assuntos
·        diversos assuntos N.2
·        livro de Nemias lider fiel
·        diaconato liderança cristã
·        ser servo liderança cristã
·        o evangelho é o poder DEUS
·        familia cristã N.3
·        desafio de ser cristão
·        etica cristã N.3
·        etica cristã N.4
·        orar uns pelos outros
·        primeira carta aos Corintios
·        segunda carta aos Corintios
·        carta aos Filipenses
·        1 E 2 carta de Timótio
·        o antigo testamento penteuco
·        profetas menores
·        noticias gospel
·        vida de oração e você?
·        vida de oração e voce P.3
·        hermeneutica n.1
·        hermeneutica N.2
·        hermeneutica n.3
·        hermeneutica n.4 apocalipse
·        hermeneutica n.5 apocalipse
·        historia da igreja medieval
·        o livro de Josué estudo
·        tribunal de Cristo
·        bodas do Cordeiro
·        introdução a escatologia
·        juizo final
·        Armagedom e o anticristo
·        sete selos do apocalipse
·        sete taças do apocalipse
·        revival Gales
·        historia de Israel 1945-1948
·        sionismo judaico
·        historia geral de Israel
·        introdução do apocalipse
·        sete trombetas 8.2
·        babilonia apoc. 17.1-6 P.A
·        A Vinda de Jesus AP 19 a 21
·        novos céus e nova terra
·        ARTIGO Musica gospel e etc
·        historia da musica classica
·        ilustações da biblia
·        manuscritos da biblia
·        o novo testamento
·        versões da biblia
·        a vulgata latina
·        o antigo testamento
·        septuaginta
·        pergaminhos do mar Morto
·        historia dos Hebreus
·        PRE-milenismo
·        o que é pos-milenismo?
·        (Página sem titulo)
·        a marca da besta
·        a iminencia do arrebatamento
·        historia do Pietismo Alemão
·        historia dos puritanos
·        nomes de Deus na biblia
·        geografia da Palestina
·        geografia da Asia
·        antes do diluvio
·        o sermão da montanha
·        biografia John Kanox
·        biografia de João Calvino
·        biografia de Martinho Lutero
·        historia dos Anabatistas
·        biografia Carlos Wesley
·        biografia John Wesley
·        George Fox
·        historia da igreja Metodista
·        hinologia e poesia cristã
·        cronologia da vida Lutero
·        historia da igreja Luterana
·        historia da harpa cristã
·        historia da AD Madureira
·        historia da igreja Batista
·        doutrina da ressurreição
·        doutrina da santificação
·        historia da igreja Luterana
·        panorama do livro de Atos
·        "Deus é imutavel"atributo
·        panorama do Apocalipse
·        doutrina da ressurreição
·        o pentateuco Samaritano
·        a biblia nos fala de musica
·        BISPO JOÃO CRISOSTOMO
·        EPIFANIO BISPO EM SALAMITA
·        ANETERAS / QUADRATUS
·        ARISTIDES DE ATENAS
·        JERÔNIMO EMILIANI
·        PASTOR HERMAS
·        EUSÉBIO DE CESARÉRIA
·        montano montanistas
·        APOSTOLO JOÃO
·        CLEMENTE DE ROMA
·        JOHANNES REUCHIN (1455-1522)
·        HANS TAUSEN (1494-1561)
·        JOHN OWEN
·        ABRAHAN KUYPER
·        ANDREW MURRAY
·        ASHBEL GREEN SIMONTON
·        GUNNAR ADOLF VINGREN
·        FRIDA VINGREN
·        GEORGE FREDERICH HANDEL
·        THOMAS CARTWRIGHT
·        ADONIRAM JUDSON (missinario)
·        HENRYQUE MARTYN
·        CHRISTIANS EVANS
·        HUDSON TAYLOR
·        JONATAS GOFORT
·        DAVI BRAINERD
·        JONATAS EDWARDS
·        DWIGHT LYMAN MOODY
·        CHARLES FINEY
·        CARLOS SPURGEON
·        GUILHERME CAREY MISSIONARIO
·        ULRICO ZWINGLIO
·        JERONIMO SAVONAROLA
·        JOHN BUNYAN
·        JOHN KANOX
·        JOHN HUSS
·        WILLIAM TYNDALE
·        JOHN WYCLIFF
·        WILLIAM BOOT
·        PHOEBE PALMER
·        JOHN KANOX
·        JHON KANOX LEGADO DEIXADO
·        THOMAS FULLER
·        THOMAS BALL BARRATT
·        AIMEE SEMPLE MCPHERSON
·        PAULO LEIVAS MACALÃO
·        CHARLES FOX PARHAM
·        ALBERT BENJAMIN SIMPSON
·        JOH ALEXANDER DOWIE
·        JOHN HUSS
·        doutrina da reconciliação
·        a nova Jerusalém
·        doutrina da graça N.1
·        doutrina da graça parte N.2
·        justificação pela fé N.1
·        justificação pela fé N.2
·        cosmo visão N.1
·        relativismo
·        criacionismo x evolucionismo
·        ciencia e fé ISSAC NEWTON
·        biografia JOHN GUTENBERG
·        o que é missiologia?
·        o que é evangelizar ?
·        evangelismo e avivamento
·        missiologia biblica
·        devemos evangelizar
·        historia da musica BARROCA
·        habito de ler a biblia
·        a alta critica
·        a tradução da biblia
·        a biblia é confiavel
·        a biblia é completa
·        o novo testamento
·        o antigo testamento
·        avivamento nas escrituras
·        avivamento em atos N.1
·        historia da igreja na RUSSIA
·        historia da igreja no CANADA
·        historia da igreja da ITALIA
·        o perigo das heresias
·        não aceite a apostasia
·        frutos na obra parte N.2
·        vivendo a vida cristã
·        cuidado dos falsos profetas
·        semeando e colhendo
·        perseverar em oração
·        o dia de pentecostes atos 2
·        a santidade convem a igreja
·        o pecado da hipocrisia
·        vocacionados ao ministerio
·        a igreja no inicio Atos 2
·        a apostasia traz problemas
·        estudo do livro de Judas
·        doutrina pentecostal N.3
·        doutrina pentecostal N.5
·        doutrina pentecostal N.5
·        o que são seitas e heresias
·        martires da igreja primitiva
·        concilio de Calcedonia (451)
·        concilio de Efesos (421)
·        concilios de Jerusalem
·        concilios de Constantinopla
·        concilio de Nicéia
·        protestantes da AUSTRIA
·        historia da igreja na INDIA
·        historia da teologia geral
·        teologia contemporranea
·        as heresias de MARCIÃO
·        biografia do apostolo JOÃO
·        os pais da igreja IRINEU
·        os pais da igreja ORIGENES
·        os pais de igreja TERTULIANO
·        pais da igreja POLICARPO
·        cristão Montano (ASIA)
·        os pais da igreja JERÔNIMO
·        EPIFANIO BISPO EM SALAMITA
·        AMANDA BERRY SMITH
·        CHARLES HARRISON MASON
·        WIGGLESWORTH DOWN UNDER
·        as doze tribos de Israel
·        historia da Alemanha
·        musica gospel
·        historia da Australia
·        OS HUGUENOTES E OS VALDENSES
·        biografia de JOÃO CALVINO
·        biografia de JOHN WYCLYFF
·        biografia THOMAS CROMWELL
·        reformador THOMAS MUNTZER
·        biografia MARTINHO LUTERO
·        Puritanismo
·        BIOGRAFIA JOHN WESLEY
·        Metodismo Wesleyano historia
·        arminianismo historia
·        ARMINIO
·        BIOGRAFIA DE ORIGENES
·        catecismo menor
·        pacto de Lausane
·        SUSANNA WESLEY (1669-1742)
·        o que é avivamento?
·        BIOGRAFIA C.S.LEWIS
·        biografia DAVID WILKERSON
·        BIOGRAFIA DAVID LINVINSTONE
·        biografia D.L.MOODY
·        BIOGRAFIA CHARLES T. STUDD
·        historia dos Valdenses N.2
·        STORIA DI MONTAGGIO DI DIO
·        Frances Jane Crosby
·        Lewis Sperry Chafer
·        John Nelson Darby
·        Mharles Henry Mackintosh
·        Scriven Joseph
·        As gerras judaicas
·        Discipulado
·        A Bíblia Tyndale
·        biblia de Wycliff
·        Templo judaico de Jerusalém
·        Aramaico idioma dos judeus
·        Historia do puritanismo
·        Historia da igreja Menonita
·        Historia dos Anabatistas
·        a comissão evangelizadora
·        Atos evangelismo e missões
·        Evangelismo nos lares
·        Evangelismo pessoal
·        Falando do evangelho
·        (Página sem titulo)
·        A parabola dos dois servos
·        A parábola dos talentos
·        A parabola do semeador
·        500 anos de evangelismo
·        evangelismo pela internet
·        Definição de missologia
·        minsterio de evangelista
·        missiologia biblica
·        o que é evangelizar ?
·        missões urbanas
·        semeando o evangelho
·        escatologia bible profecy
·        teologia biblica
·        pentecostes
·        unidade e verdade biblica
·        falsos profetas novas notas
·        o vento de seitas e heresias
·        heresiologia n.1
·        heresiologia n.2
·        heresiologia n.3
·        heresiologia n.4
·        toda musica é sacra?
·        o que são atos profeticos?
·        seitas e heresias n.1
·        seitas e hertesias n.2
·        seitas e heresias n.3
·        seitas e heresias n.4
·        seitas e heresias n.5
·        apologetica e o relativismo
·        (Página sem titulo)
·        criscionismo e evolucionismo
·        ciencia fé e diluvio
·        combatendo as heresias
·        teoria da evolução
·        modismo e desvios modernos
·        parabolas de Jesus a candeia
·        o mundo corrupto lucas 17:32
·        o caminho da santidade
·        escribas e fariseus
·        vida eterna castigo eterno
·        a divindade de Jesus
·        Jesus é luz do mundo
·        historia de Israel "Hatikva"
·        historia deisrael e o futuro
·        teologia sistematica a FÉ
·        teologia Catesismo Puritano
·        teologia sistematica a CEIA
·        apologetica g12 movimento
·        apologetica doutrina de Deus
·        apologetica criacionismo
·        a divindade de JESUS
·        movimento g12

  ESCOLA DOMINICAL ATUALIZADOS E LIÇÕES ANTIGAS

·        lição CPAD eclesiologia